>

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Capítulo 1 - 4ª parte

— Nossa! Se toda vez que eu caísse fosse assim... - Ágatha falou com um risinho.

— Eu que o diga. - Falei, pegando a câmera que ela me entregava. Geralmente, toda vez que eu caía, tinha um tributo à beleza masculina esperando para me segurar.

— Vamos entrar.

Ágatha convidou e entramos no teatro seguindo o fluxo de pessoas bem vestidas, que também iam adentrando. Como de se esperar de uma estrutura daquelas, o interior do teatro Amazonas era majestoso. Ágatha havia conseguido comprar ingressos para os melhores lugares. Na plateia. Terceira fileira em frente ao palco. A estrutura era magnífica, três pavimentos de camarotes, um palco enorme, lindas telas no teto e um inacreditável lustre com milhares de cristais.

Sentei na cadeira de estofado vermelho do lado do corredor. Prestei atenção ao movimento das pessoas que tomavam seus lugares nos camarotes. Era tudo tão lindo e clássico, que era como se estivesse em algum lugar do século XVIII. Foi então que eu notei que do outro lado do corredor, ao meu lado, estava o sujeito que havia segurado Ágatha.

— Não olhe agora mas, seu salvador está do outro lado do corredor. - Cutuquei-a e ela olhou discretamente para o rapaz que parecia distraído procurando por alguma coisa.

— Coincidências. - Ágatha deu de ombros, fingindo não se importar.

Eu ri e continuei admirando a estrutura do lugar. Foi então que eu notei um par de olhos que me fitavam sem cerimônia alguma. Na segundo fileira de camarotes à esquerda, um homem. Sim, um homem vestido de preto com negros cabelos compridos amarrados para trás. Eu o encarei por apenas um segundo - não era lá muito educado ficar encarando as pessoas - mas, aquilo foi o suficiente para me dar arrepios.

Pelo canto do olho espiei o camarote lá em cima, agora haviam três pessoas. Um homem loiro e uma mulher de cabelos castanhos. O estranho era que, os três olhavam na direção onde Ágatha e eu estávamos e também o estranho bonitão do outro lado. Mas, por que eles nos olhavam daquele jeito? Será que nos estavam confundindo com alguém?

Eu não saberia responder. Só sabia que aquilo estava me deixando incomodada, tinha algo muito estranho neles. Além é claro da falta de educação por ficar nos encarando, era algo em suas posturas elegantes e sofisticadas. Senti um tremor percorrer meu corpo e não consegui evitar de olhar outra vez, o do meio - que estava de preto - continuava me encarando sem expressão alguma. Mas, algo em seu rosto era assustador.

A expressão era séria, mas trazia algo de ameaçador. Ele devia ter lá seus quarenta anos, mas algo em mim dizia que podia ter muito mais.

"Vampiros?"

Me perguntei olhando assustada para eles, e então as luzes se apagaram e as primeiras notas de O Fantasma da Ópera ecoaram de forma - assustadoramente - adequada com a situação. Procurei prestar atenção ao musical de Andrew Lloyd Webber, mas, estava um pouco difícil. De repente, comecei a sentir frio. Sim, muito frio. Abracei meu corpo sentindo-me arrepiar, Ágatha havia me emprestado um vestido sem alças de cetim azul escuro, mas estava muito calor quando saímos.

Na verdade, estava calor o tempo todo. Mas, de um instante para o outro o ar ficou gelado.

— Nossa, que frio. - Ágatha sussurrou se inclinando para mim e eu assenti.

Olhei para o lado e - com a iluminação fraca que vinha do palco - percebi que o salvador de Ágatha também parecia incomodado. Mas o que será que estava havendo? Um problema nos condicionadores de ar? Porém, poucas fileiras a frente, ninguém dava sinal que estava sentindo algum desconforto.

Abracei meu corpo com mais força, e quando fui puxar o vestido para tentar cobrir mais meus joelhos, quase gritei. Havia uma discreta névoa esbranquiçada flutuando ao meu redor e de minha irmã também. Dei graças por estar escuro e ninguém ter visto minha reação. Mas que droga era aquela?

3 comentários:

  1. =O O que é? O que é? Ai meu Deus Aninha como vc para ai??? Céus continuaaa... Essa névoa ta em volta delas pq? O que o estranho vai fazer? E os do camarote são mesmo vamps? :o
    Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkk mistérios, mistérios Paty ;) Na próxima parte tem mais um pista dessa névoa estranha, porém os mistérios aumentam \o/ Principalmente quanto ao estranho bonitão... =D

      Excluir
  2. Vc é tão má!! ¬_¬' kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir